This is a print version of story Meu sobrinho me comeu by bukkub from xHamster.com

Meu sobrinho me comeu

Olá, meninos e meninas do xhamster.com! O conto erótico que vou relatar aqui foi verdade, aconteceu tem apenas 8 dias, e o tesão me incentivou a escrever. Sou separada, tenho 44 anos, sou bonita e me acho sexy, tenho uma bundinha gostosa, os homens sempre me olham com desejo. Estava carente de sexo, não trepava há muito tempo, pois estava separada...





Meu sobrinho veio morar aqui em casa, um rapaz meio difícil de entender, hora está bravo, hora contente, antes a gente brigava direto e agora não brigamos mais, ele muda de personalidades, sabe? Ele tem 27 anos (e eu 44). Bom, de um tempo pra cá vinha percebendo que ele me olhava diferente, me tratava melhor e com muita atenção. Quando ficávamos sozinhos, pois meu filho sai pra trabalhar, meu sobrinho parecia que iria me comer com os olhos, o volume em sua calsa fica enorme e eu fico imaginando como seria aquele pau, já que o volume o entregava.

Não pude resistir por muito tempo, pois eu estava numa seca e toda hora que olhava pro meu sobrinho, aquele volume parecia me chamar, então tive uma idéia infalível: na semana passada, dias antes do Reveillon, enquanto meu sobrinho tomava banho, bati na porta e pedi pra que ele fosse até meu quarto arrumar a antena da tv, e que eu estava com sono e iria dormir, mas pra ele ficar à vontade para o tal serviço. Fui pro meu quarto e deixei a porta aberta, coloquei apenas uma camiseta e sem nada por baixo me deitei de bruços e coloquei o lençol sobre minhas pernas, deixando minha bunda e buceta toda exposta para ele, fingindo que dormia e que não percebi que o lençol tivesse descido.

Foi uma idéia boa, mas muito arriscada, pois se meu sobrinho me olhasse e não me desejasse, iria sair e não iria tocar no assunto, como eu tava dormindo mesmo, poderia dar a desculpa que não vi nada, mas do contrário, ele agiria e eu tava louca pra ver qual sua intenção.

Quando escutei ele entrar no quarto, me tremi toda. Não sei se era medo de sua reação, ou se era de tesão em saber que ele me olhava, mas a merda já tava feita mesmo, e não podia me desmascarar ali na frente dele. Então, continuei fingindo dormir. Escutei ele se aproximar da cama quando senti sua mão em meu pé, ele me chamou (usarei um nome fictício para mim):

- Betty? Betty, você está acordada?

Eu gelei na hora, mas me contive e virei a cabeça para o outro lado, fingindo dormir bem gostoso. Senti uma mão em minhas pernas, na hora quase gemi de tesão, pois sabia que ele tava olhando para minha buceta. Nossa... que sensação gostosa. Ele começou a passar as mãos em minhas pernas e bem de leve chegou até minha bunda onde deu um aperto e bem devagar chegou na minha buceta que a essas horas já estava encharcada de tanto tesão. Ele começou a passar os dedos no meu grelinho e acariciava bem devagar, acho que para não me acordar.

Senti seus dedos sendo pressionados pra entrar em minha grutinha, que de tão molhada, engoliu aqueles dedos groços. Eu já não aguentava mais e de tanto tesão comecei a rebolar involuntariamente com aqueles dedos me dando prazer. Não aguentei e gosei no dedo dele, ele socava o dedo e bobrava-os dentro de mim e tirava os dedos dobrados todo melado. Nossa... parecia que iria me rasgar, nunca senti um prazer tão gostoso assim. Ele já sabia que estava acordada e adorando aquilo, mas continuei com os olhos bem fechados, apesar de tudo muito gostoso, não tinha coragem de abri-los.

Eu de bruços e com as pernas bem abertas, ele se posicionou em cima de mim e começou a esfregar seu pau na minha buceta. Nossa... que pau gostoso! Eu gemia de tesão e ele começou a enfiar aquela cabeçona em mim, uma delícia de pinto, eu já não lembrava mais como era bom um pau na buceta. Empinei minha bunda para que ele pudesse penetrar mais fundo, e ele socava forte e apertava meus seios, gosei gostoso mais umas 3 vezes e ele gosou, senti sua porra queimar meu útero, uma delícia! Em seguida, ele saiu e me deixou lá, toda melada com aquele soro delicioso dele, aí dormi de vez.

Quando acordei, tomei um banho e não tive coragem de ir pra sala, pois ele estava lá assistindo tv, não tinha coragem de olhar pra ele, mas não poderia evitar já que ele morava ali comigo. Então pensei: vou continuar a fingir que estava dormindo e que aquilo tudo fora um sonho, já que me contive e não abri os olhos, mas é claro que ele sabia que eu estava acordada.

Fui para a sala e lá estava o meu sobrinho, olhei pra ele e disse:

- Oi! (com um sorriso que não saía de minha face).

Ele perguntou-me:

- Gostou da tv? Ficou boa?

- Não verifiquei ainda, mas depois eu vou olhar.

Fui para a cozinha tomar um copo de água, voltei meio sem graça para a sala e sentei-me no sofá para ver se ele tocava no assunto, o que não aconteceu.

Bem, eu finjo que nada aconteceu e ele não toca no assunto, mas foi tão gostoso que eu já estou pensando em chamá-lo para me fu... ops, arrumar a tv novamente, pois de lá pra cá ele me come com os olhos e eu vendo aquele volume todo em sua calça, fico toda molhadinha. Mas confesso a vocês que fico um pouco receiosa por ser meu sobrinho.

Então é isso, pessoal. Obrigada por ler meu conto, precisava contar isso a alguém. Se acontecer novamente outro concerto de tv, eu conto para vocês!

Beijos,

Betty


Story URL: http://xhamster.com/user/bukkub/posts/135848.html