A mulher do chefe e deliciosa

A mulher do chefe e deliciosa

COMI A MULHER DO PATRÃO

Oi, sou Wandeco de tantas outras estórias isso aquele que tem 22 cm de pica, 54 anos esse mesmo. Trabalho numa loja fazendo a manutenção de aparelhos, vitrines, arrumação enfim faço de tudo um pouco, um dos patrões, o mais jovem tem 40 anos, e apareceu com uma nova namorada com quem vive junto amasiados. Ela uma jovem de 21 anos, corpaço com tudo em cima, muito bonita também, a todos antipática, mas comigo devido o respeito e o tempo que trabalho com eles sempre muito simpática sorridente, afeita até a algumas brincadeiras que faço com ela quando o patrão está longe. Aconteceu que há alguns dias atrás quando estava consertando uma máquina nos fundos da loja, ela veio e sentou-se bem na minha frente para que de onde eu estivesse dava para ve-la nitidamente, só que escondida das outras pessoas, outra pessoa não a veria, a não ser que fossem onde eu estava, adentrando o recinto. Estava um dia quente por demais, ela usava um vestido tomara que caia até os pés desses bem grandes, quando sentou-se suspendeu o vestido até as coxas, e eu fiquei louco, pude apreciar aquelas coxonas roliças, carnudas e ela mexia o vestido como se abanando. ----Tá muito calor seu Wandeco, não estou aguentando....-----Quem não vai aguentar por muito tempo sou eu...----Estou incomodando?---De jeito nenhum, mas é judiação, fazer isso com um coroa...----Qué isso quem sabe o sr se anima e cata a sua mulher de jeito hoje.----Não preciso disso para catar a minha mulher de jeito....----Mas dá uma força....----Dá uma força pra eu te catar de jeito, se não tivesse aqui na loja você já estava gemendo.... ----Ai que meda... Estava com o pau completamente duro, estourando meu short largo, e segurando-o por cima do tecido mostrei-lhe o tamanho da encrenca, pois sei que o tamanho faz diferença sim, nunca me enganei com isso, elas gostam é de volume, gostam de sentir a buceta preenchida, não sobrando espaço para entrar nenhum ventinho, as que dizem o contrario estão mentindo, gostam de sentir a pressão na parede do útero e aquela dor se transformar em prazer depois de algumas cutucadas. E assim segurando-o com as duas mãos mostrei-lhe o tamanho. ----Nosssssssa, Wandeco, não precisa ficar nervoso assim... ----Não estou nervoso não, estou é com vontade de te fazer feliz.... ----Credo!!!! como o sr esta falando comigo...Também sei fazer o papel do cafajeste quando preciso, e sabia que aquela dondoquinha queria era aquilo e não o que o pó de arroz do namorado faz com ela. Nesse momento chegava alguém, ela se recompôs e fingiu falar ao celular. Antes de ir embora falei ao pé do seu ouvido:----Amanhã vou a sua casa arrumar uma cama lá, arruma uma desculpa e fica lá pra gente resolver essa situação.----Só porque o sr quer....Pois bem peguei a chave do apto deles e fui para lá no dia seguinte, o namorado da patricinha falou que ela estaria dormindo para que não a assustasse, com muito barulho. Pensei comigo.... vou comer uma carne novinha e de primeira... Chegando lá, peguei no serviço para terminar logo enquanto isso ela acordou e foi ao banheiro, tomou banho, percebi que a porta estava só encostada, e entrei...----Precisa de ajuda?----Ai seu wandeco que susto... mas não preciso não, sei tomar banho sozinha----Esfregar as costas tem lugares que a mão não alcança...E fui tirando a roupa...----Mesmo você não querendo eu quero....----Ai, não faz isso não... Entrei no box totalmente nu... o pau duro como uma estaca de matar vampiros----Da cá o sabonete...Quando vi aquela bucetona toda raspadinha, comecei passar o sabonete e ela não expressou reação alguma ---você não quer mas eu quero, pode passar o sabonete nele apesar de ter tomado banho cedo, limpinho é melhor, esfrega ele pra mim.... Ela pegou o sabonete e já esboçava alguns gemidinhos enquanto eu dedilhava seu grelinho e ela esfregando meu pau como a me bater uma punheta, eu já beijava e mordia seus peitinhos, pequenos para o seu tamanho, aquele corpão gostoso----Agora vou esfregar as suas costas... E ela virou-se, comecei passar o sabonete pelo seu corpo e o pau logo encostou em sua bunda, e ela rebolava sem tecer um comentário sequer, comecei um vai e vem entre suas coxas e ela voltou a gemer e rebolar cadenciadamente, eu sentia seu corpo trêmulo, talvez por medo do tamanho. ----Você tem que relaxar senão vai ficar difícil pra você, não pra mim. ---Relaxar como? com um negocio desse tamanho... ao mesmo tempo que eu quero eu tenho medo....----Não posso dizer que não vai doer, estaria mentindo, mas é só no começo, depois laceia e fica tudo gostoso....Fui por baixo passei sabonete no seu buraquinho e comecei forçar a entrada, ----Ai, tá doendo...----Mas se a cada empurrãozinho você me barrar você nunca vai conseguir.... você tem que resistir ao menos um pouco...e enfiei tudo de uma só vez, o grito foi alto, -----Aiiiiiiii, tá doendo, tá doendo, aiiiiiiicaralho......Eu a segurava forte não deixando ela sair da alça de mira e cravava cada vez mais ....------Aiiiiii, seu cavalo..... porrra, o sr devia ser mais carinhoso seu wandeco....-----Ai a gente ia ficar a tarde inteira aqui até a dondoca desistir e eu ir embora, eu vim aqui para arrumar a cama e te comer, já fiz os dois o que vier agora é lucro....tá doendo ainda?----Um pouco, mas bem menos, então ....-----Tem que ser assim... A partir desse momento foi só alegria, ela gozou ali no banheiro, nos enxugamos fomos para a cama fizemos um 69 maravilhoso, e que buceta apertadinha e gostosa que ela tem, a cada nova posição era uma dor diferente que ela sentia mas em contrapartida um tesão diferente, não consegui comer o cuzinho dela, pois diz ser virgem, mas isso não demora muito não, pois com cuspe e jeito se come o cu de qualquer sujeito. Agora são 16;30h, isso aconteceu hoje pela manhã, estou indo para a loja para ve-la andando com as pernas abertas, toda ardida, mas se preparando para mais uma pois deixei para terminar os serviços amanhã.

100% (3/0)
 
Categories: Anal
Posted by bukkub
2 years ago    Views: 125
Comments
Reply for:
Reply text
Please login or register to post comments.
No comments